A CATRACA DIZ:

"A educação Política é um rio que nasce e corre pela rua onde o eleitor mora, pela sua Cidade, pelo seu Estado e pelo seu País e por fim desagua nas URNAS. Aquele que não sabe nadar, nesse rio se afoga e só pode ser salvo pelo assistencialismo. Porém sua alma permanesce condenada ao inferno(CCF 09.08.08)"

QUEM SOU!

CATRACA-PG
COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS NA CÂMARA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE-SP
Catraca, na Língua Portuguesa tem o sentido de apertar, cingir. Esta é a missão daqueles que a mim aderirem. Queremos Colocar no plenário da Câmara Municipal de Praia Grande-SP, O maior número possível de CATRAQUEIROS, dando aos nossos Vereadores e também ao nosso Prefeito, seja ele quem for, a visão de que eles não estão sozinhos, portanto precisam pensar muito antes de fazer algo que de fato não seja do real interesse da população de Praia Grande. "O que prende um homem ao outro; sem razão, é a escravidão. O que o liberta é o pensamento. Praia Grande precisa pensar! Cabeças inertes na praça, não geram idéias. Cabeças livres transformam"!

CÂMARA -s. f., Entre outras... Conjunto de vereadores e de deputados eleitos pelo povo; conjunto de pelouros que constituem a administração municipal; edifício onde se reúne a vereação ou a assembleia legislativa...

MEU MAIOR DESEJO:

Que o MUNÍCIPE de Praia Grande, crie o hábito de ir ao plenário da Câmara Municipal de Praia Grande-SP assistir aos trabalhos desenvolvidos pelos nossos Parlamentares(Vereadores).

CATRAQUEIROS ASSUMIDOS

sábado, 20 de setembro de 2008

O BONDE DO MOURÃO

Língua de verificação: Português do Brasil Português
Estilo de escrita: Formal Corrente Informal
Não foram detectados erros.

Tenho visto, um bólido em forma de bonde, desfilando pelas ruas da nossa cidade. Penso que tal veiculo, que no momento serve para promoção daquele que se intitula o "CANDIDATO DO MOURÃO" proporciona também um leitura diferente e muito interessante na minha opinião e para a qual peço a sua reflexão:
A palavra bonde leva-nos a pensar em algo que pertence ao passado. No entanto, por sua beleza, praticidade e romantismo, até hoje resiste bravamente em algumas cidades brasileiras.
Santa Tereza, bairro do Rio de Janeiro é famosa por seus bondinhos. Santo trouxe-os de volta e hoje eles são partes integrantes e indispensáveis de um projeto de revitalização de um local antes degradado.Portanto o bonde é algo passado que pode voltar a qualquer momento em qualquer lugar.
E é esta a mensagem que o bonde do Mourão, que ora circula na cidade de Praia Grande, ainda que fora de trilhos deseja a meu ver passar. Algo tipo assim:
"Vocês podem não me querer agora, mas um dia eu volto"
Pode até ser, pela falta da tradição do bonde na nossa cultura, acredito piamente que é mais fácil o atual prefeito Mourão voltar no futuro a prefeitura de Praia Grande do que um bonde circular pelas nossas ruas de tijolos vermelhos.
Este que tenho visto, mostra que está perigosamente fora dos trilhos do bom senso e não demora, capota de vez.
Na verdade o que precisamos na cidade é de um trem bala. Ligando todas as estações das nossas necessidades sociais.
Ainda vamos ver tal bonde, parado numa viela de periferia esquecido, pois nem para o museu da cidade ele serve. De tão pesado poderia provocar o desabamento do Palácio das Artes.
Mas, isto é uma outra história!

CCF

Um comentário:

solange pereira disse...

olá catraca adorei esse texto verídico da situação da nossa cidade invés desses tijolos vermelhos e teatro entre aspas ele tivesse investido na saúde, deve ser pq não é a família dele q precise dos serviços públicos.