A CATRACA DIZ:

"A educação Política é um rio que nasce e corre pela rua onde o eleitor mora, pela sua Cidade, pelo seu Estado e pelo seu País e por fim desagua nas URNAS. Aquele que não sabe nadar, nesse rio se afoga e só pode ser salvo pelo assistencialismo. Porém sua alma permanesce condenada ao inferno(CCF 09.08.08)"

QUEM SOU!

CATRACA-PG
COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DOS TRABALHOS NA CÂMARA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE-SP
Catraca, na Língua Portuguesa tem o sentido de apertar, cingir. Esta é a missão daqueles que a mim aderirem. Queremos Colocar no plenário da Câmara Municipal de Praia Grande-SP, O maior número possível de CATRAQUEIROS, dando aos nossos Vereadores e também ao nosso Prefeito, seja ele quem for, a visão de que eles não estão sozinhos, portanto precisam pensar muito antes de fazer algo que de fato não seja do real interesse da população de Praia Grande. "O que prende um homem ao outro; sem razão, é a escravidão. O que o liberta é o pensamento. Praia Grande precisa pensar! Cabeças inertes na praça, não geram idéias. Cabeças livres transformam"!

CÂMARA -s. f., Entre outras... Conjunto de vereadores e de deputados eleitos pelo povo; conjunto de pelouros que constituem a administração municipal; edifício onde se reúne a vereação ou a assembleia legislativa...

MEU MAIOR DESEJO:

Que o MUNÍCIPE de Praia Grande, crie o hábito de ir ao plenário da Câmara Municipal de Praia Grande-SP assistir aos trabalhos desenvolvidos pelos nossos Parlamentares(Vereadores).

CATRAQUEIROS ASSUMIDOS

domingo, 9 de dezembro de 2012

SE É PARA SE TER UMA OPINIÃO, A MINHA TAMBÉM DEVERIA SER CONSIDERADA...E PUBLICADA, MAS NÃO O FOI!

Celso Correa de Freitas
1 dez (8 dias atrás)

para jornalgazetado.
GAZETA DO LITORAL: 01.12.2012
Edição: 1866
Não é correto quando no contexto de uma opinião, um articulista ou personalidade artística, política, religiosa... Em fim, todo aquele que leva o precioso rotulo de “formador de opinião” generaliza sua opinião.
Recentemente no jornal Folha de São Paulo (25/11/2012) a cantora Baby Consuelo declarou em entrevista que “o Brasil inteiro fumava maconha em 1972”.
Absurdo!
No artigo “ONU E OS DIREITOS DOS PALESTINOS” o Articulista Nilson Regalado afirma que “Nós, brasileiros, já reconhecemos formalmente o Estado da palestina desde 2010”.
Não é verdade! Pois sou brasileiro e não aprovo tal conceituação, principalmente em se tratando de política de Estado. O nosso País diplomaticamente, sempre está com seus pés em duas canoas e eu preferiria que ele tivesse outra postura.
Que usasse a sua influência para demover os Palestinos Árabes do seu propósito de empurrar Israel para o mar.
Que convencesse esses senhores que ainda vivem na religiosidade da idade da pedra a abdicar do terrorismo, que para atingir Israel, matou inocentes mundo afora em vários momentos, inclusive brasileiros, que não tinham nada a ver com o peixe.
É claro que existem brasileiros que apóiam a causa dita palestina, a opinião do senhor Nilson é prova disso, mas ele não pode falar por mim e por aqueles que sabem que a história é feita de fatos, e nessa situação, nem sempre os fatos que traduzem a realidade, são expostos, prevalecendo aquilo que só o anti-semitismo deseja ver publicado.
Os defensores do Hamas, Al-fatah e Jihad Islâmica, se esquecem da importância de Israel para a humanidade, tanto social quanto religiosamente,  e se põem a defender  uma causa que se suporta por um só desejo, que na verdade sempre foi e sempre será um só, “varrer Israel do mapa da humanidade!”
Absurdo!
Como um “SER” de Deus, torço para que os ditos PALESTINOS se tornem uma nação de verdade, sem esses grupos terroristas. E que os países Árabes venham contribuir definitivamente para isso. Mas enquanto a opção deles for a tal de guerra santa contra Israel...me preocupa mais os caminhos que o nosso País, esta tomando! Israel sempre soube se defender, enquanto nós cidadãos comuns, estamos a cada dia correndo mais perigo do que se estivéssemos morando em Gaza ou na Cisjordânia, que Israel conquistou em 1967, quando Egito, Jordânia, Siria, Kuwait, Arabia Saudita e Sudão, acreditaram que podiam...vocês conhecem o final dessa história!

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

RESUMO DA SESSÃO DO DIA 21/11/2012-CMPG-SP


A Catraca Diz:

Passado o período eleitoral, retorno a Câmara Municipal de Praia Grande-SP, para assistir a uma sessão legislativa.
Como de outras vezes, sou um dos primeiros a entrar.
A sineta toca e o Presidente da Casa, o Vereador Rezende, pede ao secretário que faça a chamada para verificação de quorum.
Enquanto o Vereador Hugo faz a chamada e os seus pares vão respondendo, eu olho ao redor. O mesmo plenário de sempre, na maioria das sessões vazio. As mesmas pessoas de sempre, em sua grande maioria dispostas a fazer justiça com as próprias mãos, o mesmo cenário patrimonial de antes. Não! Espera ai, as cadeiras onde os vereadores se refestelam, parece-me serem novas. E também lá fora, uma troupe de operários, promove uma repaginada no visual da nossa Casa de leis.
Vamos lá, a sessão começou...
Mais um atleta sendo homenageado por seu trabalho em prol do esporte da nossa cidade. Uma justa homenagem feita pelo Vereador Hugo.
“Os artistas da cidade, também esperam o dia de serem homenageados pelos nossos vereadores.”
Mas por enquanto, não nada ali sobre o projeto de regulamentação do Conselho Municipal de Politica Cultural."
O que nos leva a pensar: CULTURA, ORA CULTURA! Não passa por aqui!
A presença da Imprensa configura-se pela presença do Richard, fotógrafo do Jornal Gazeta do Litoral e o Jornalista Jonas do Jornal Litoral Sul Paulista.
Os vereadores começam a usar a Tribuna e fazer uso dos seus 9 minutos para suas considerações.
Pela primeira vez, a Catraca-PG vê o Vereador Leandro do Avelino, declinar desse direito. Ele que sempre foi um usuário didático da tribuna.
O Vereador Marquinho, causa rebuliço na platéia ao tocar em feridas municipais. Em alguns momentos o sério torna-se hilário e a patuléia vibra.
O Vereador Paulo Emilio anuncia profeticamente que o caos (Eu prefiro KAOS!) está próximo e sentencia na sua visão Universalista do Reino de Deus: “Praia Grande Vai ficar de mau a pior”.
A platéia se manifesta em alto e bom som:
-Depois de 4 anos é que o senhor vê isso vereador...
O Vereador Serginho Sim! Também o mais votado, propõe na tribuna uma emenda, em respeito aos eleitores, solicitando que as sessões o ano que vem, comecem às 19 horas.
A emenda foi aprovada.
Chega o momento mais esperado, a votação do aumento para o IPTU.
O Vereador Vitrolinha pede a palavra e a platéia se agita...
Segundo o vereador a Administração municipal está descontrolada e conturbada, colocando tudo para o cidadão pagar.
Por esta razão, votava contra.
A patuléia presente vibra e aplaude.
Na sequência, o Vereador Serrano lamenta tantas palavras (Do Vereador Vitrolinha) confusas e desconexas. Confessa que não conseguiu entender nada que o Vereador (Vitrolinha) disse no seu uso da tribuna.
O líder governamental então faz um analítico arrazoado justificando o aumento de 25,24%  para o IPTU. No arrazoado do nobre Vereador, na verdade o aumento é só de 5,24%.
Ao retirar-se da Tribuna depois da sua didática explicação, ouve-se na platéia:
- Nós também não entendemos coisa nenhuma da sua fala vereador.
O Vereador Leandro do Avelino toma para si a tribuna e como nos velhos tempos, desanca, desconstrói o arrazoado anteriormente colocado e afirma com todas as letras:
- Na história de Praia Grande-SP, nunca se aumentou o IPTU 2 vezes na mesma administração.
Por tanto, votou contra.
A platéia deu sua opinião quando ele começava a descer da tribuna.
- Agora entendemos tudo!
E o saldou com uma calorosa salva de palmas.
Resultado final: 10 Vereadores votaram a favor do AUMENTO PARA O IPTU. 2 votaram contra e um se absteve.
Dos novos Vereadores eleitos, só um foi notada a presença nesta sessão, Edu sangue bom. Os demais estavam em LINS.
A reestruturação das secretarias municipais, que permite a criação de novas secretarias, também foi aprovada.
Na parte final da sessão, na qual o vereador tem direito a 5 minutos para suas palavras finais, fizeram uso da tribuna os vereadores Vitrolinha, que alertou: “A Prefeitura tem mais 4 anos para me engolir.”
Toto, que fez uma homenagem ao falecido funcionário público daquela Casa de leis, o senhor Agenor.
Leandro do Avelino, que aproveitou para completar o seu arrazoado sobre o aumento para o IPTU.
E por fim o Vereador Marquinho.
Nota! Na abertura da sessão, foi distribuído no plenário, um manifesto de uma entidade denominada CIDADÃOS PRAIAGRANDENSES REPUBLICANOS. No seu manifesto ela clama por contrapartidas sociais por parte dos gestores públicos.
Na realidade, diante do desinteresse dos vereadores pelo assunto e da pouca presença de munícipes na câmara, o manifesto foi mais um papel no vento.
É impressionante que nesta questão do IPTU, não exista a proposta de um IPTU calcado na realidade social dos moradores da Praia Grande-SP.
Socialisticamente e na Câmara de Praia Grande-SP, o que não falta é socialista, o IPTU deveria ter um padrão tipo: Quem pode paga o imposto proposto, quem não pode paga o imposto justo e quem não tem condições paga um imposto social.
Por que não pode ser assim?
Diga, vamos! Diga?

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

SÃO PAULO & CHAPADA, O FOGO COMENDO!


Ora, convenhamos! 
Se o secretario de segurança de São Paulo teve peito para falar grosso com  o nosso Ministro da Justiça, por esse em pleno período eleitoral jactar-se de oferecer ajuda a São Paulo, ajuda essa que só agora oficialmente se configura na conversa da Presidente Dilma com o Governador Geral Alckim, fica claro que o secretario de segurança de São Paulo, estava certo e que o senhor Ministro de fato estava no procênio, atuando apenas para dar uma mão ao poste do PT na ultima eleição.
Se essa premissa é verdadeira, agora que os principais protagonistas governantes se acertam, José Eduardo Cardoso deve ser imediatamente demitido do seu cargo no governo Dilma, por seu comportamento partidário, que comportou uma mentira.

Ainda no mesmo plano...
Fonte da Foto: Folha de São Paulo-02/11/2012

Se há 15 dias a Chapada Diamantina está queimando, pergunto: Será que tal como o ministro da Justiça que dizia ter oferecido ajuda a São Paulo na questão da segurança pública,  a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, também ofereceu ajuda ao governo da Bahia, para o combate a esse incêndio que devasta a Chapada?
Claro que não, se o fizesse, o governo baiano não iria pedir ajuda, pois não se pede aquilo que já se tem.
Devia ser demitida também!

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

EU SOU PSB, E DAQUI...



Fim de mais uma etapa eleitoral, ufa valeu. Viva a Democracia!
Brasil afora, em qualquer canto, as lideranças políticas irão processar o recado dado pelo povo através das urnas, e estabelecer seus modus-operandi.
A todos muito cuidado! Vejam o que está acontecendo com aquela turma que achou que poderiam fazer tudo.
Por estar atenta, cada cidade, de pequeno ou grande porte vai seguir em frente com o seu sentimento democrático renovado e ciente de que:
“Estar junto, não significa pertencer.”
Caberá sempre ao eleitor cobrar do seu Político e do partido ao qual ele está ligado um posicionamento extremamente ético e ativo nas soluções dos problemas da sua cidade.
Mais do que nunca, o eleitor sabe que: “A Política enquanto exercício é um esteio, enquanto objetivo é cativeiro, enquanto verdade é esperança, e enquanto mentira é o sacrifício do povo.”  
Partindo dessa premissa, na qualidade de eleitor vinculado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) que nesta eleição teve entre os seus congêneres o maior crescimento em relação a 2008, contabilizando 8,7 milhões de eleitores, conquistando 441 Prefeituras que o deixou na 4ª posição no cenário estatístico desta eleição, e ainda por cima vencendo em cidades importantes como BH, Fortaleza e Recife.
Pergunto, pedindo a proteção ideológica de Ariano Suassuna, pilar moral do nosso partido.
Até quando o PSB de Praia Grande-SP, que teve o vereador mais votado e que com certeza será o novo  Presidente da nossa Casa de Leis,  se contentará com a situação de servir de papel de parede e de viver a reboque de arranjos e coligações cujo objetivo maior é a perpetuação do poder deste ou daquele e não a alternância desse mesmo poder. Alternância que é o fundamental para a prática democrática.
Quando de fato o PSB daqui vai agir a luz do seu estatuto nacional e não de acordo com os interesses dos seus próceres locais.
Quando esses próceres tomarão para si a tarefa de saber quem somos, quantos somos e o que queremos politicamente para a nossa cidade.
Neste atual momento político nacional, o PSB de Praia Grande-SP prefere o papel de coadjuvante.
Torço, suportado pelo sucesso alcançado pelo PSB no cenário nacional e local, que a partir da próxima eleição, em Praia Grande-SP deixemos de lado as comodidades das coligações encenadas e busquemos o papel principal que nos cabe, no teatro eleitoral Praiagrandense.
“Ser PSB, é algo maior do que ser político. Política todo mundo faz. O PSB faz SOCIALISMO.”
FIM

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

PETELECO DA VIOLA

ESSE HOMEM, MERECE DESTAQUE NA CATRACA-PG

A Política enquanto exercício é um esteio, enquanto objetivo é cativeiro enquanto verdade é esperança e enquanto mentira é o sacrifício do povo (CCF).

"A educação Política é um rio que nasce e corre pela rua onde o eleitor mora, pela sua Cidade, pelo seu Estado e pelo seu País e por fim deságua nas URNAS. Aquele que não sabe nadar, nesse rio se afoga e só pode ser salvo pelo assistencialismo. Porém sua alma permanece condenada ao inferno (CCF 09.08.08)"


video

sábado, 13 de outubro de 2012

COEFICIENTE ELEITORAL X QUANTIDADE DE VOTOS OBTIDOS


Se o resultado eleitoral para as Câmaras Municipais tivesse o suporte da quantidade de votos obtidos pelo candidato e não o atual sistema que consiste no Coeficiente Eleitoral, a Câmara Municipal de Praia Grande-SP para 2013/2016 ficaria assim constituída:
Serginho Sim           - PSB          4205 Votos
Tenente Karan         - PDT          3493 Votos
Dr. Serrano              - PSB          3368 Votos
Leandro do Avelino – PPL         3097 Votos
Rezende                    - PSDB      3086 Votos
Hugo Ribeiro            - PSB          3075 Votos
Betinho                     - PMDB      2985 Votos
Dr. Benedito             - PMDB       2951 Votos
Katsu                        - PSDB         2949 Votos
Marquinho                - PMN          2927 Votos
Chiquinho Caiçara    - PMDB       2793 Votos
Paulo Emilio             - PRB           2750 Votos
Eduardo Xavier         - PMDB       2688 Votos
Janaina Balaris           - PT             2662 Votos
T. Cavalcante             - PSDB       2633 Votos
Dinho                         - PMDB      2180 Votos
RECO                        - PDT          2157 Votos
Nesta composição oito partidos ocupariam as 17 cadeiras, distribuídas da seguinte forma:
PMDB – 5 Cadeiras, PSDB – 3 Cadeiras, PSB – 3 Cadeiras, PDT – 2 Cadeiras, PPL-PRB-PT e PMN com 1 Cadeira cada um.
Teríamos 10 vereadores reeleitos e 7 novos vereadores.
No atual sistema que se suporta no Coeficiente Eleitoral, 11 partidos ocupariam as 17 cadeiras disponíveis assim distribuídas:
PSB 3 Cadeiras – PMDB 3 Cadeiras – PDT 2 Cadeiras – PSDB 2 Cadeiras – PT.PRTB,PMN,PSD,PTN,PTB e PPS 1 Cadeira cada um.
Sendo os candidatos abaixo os beneficiados:
SERGINHO SIM - PSB (4205 VOTOS)- TENETE KARAN - PDT (3493 votos) - DOUTOR SERRANO - PSB (3368 votos) - REZENDE - PSDB (3086 votos) HUGO RIBEIRO - PSB (3075 votos) - BETINHO DA EDUCAÇÃO - PMDB (2985 votos) - DOUTOR BENEDITO - PMDB (2951 votos) - KATSU YONAMINE - PSDB (2949) - MARQUINHO - PMN  (2927 votos) - JANAINA BALARIS - PT  (2662) - RECO - PDT(2157 votos) - MARCELINO - PMDB (2043 votos) - ROMULO BRASIL  - PRTB (1884 votos) - TATI TOSHI - PSD (1867 votos) - VITROLINHA - PTN (1555 votos) CADU - PTB  (1483 VOTOS) e EDU SANGUE BOM - PPS (1466)
Temos nesta composição 7 Vereadores reeleitos e 10 novos Vereadores.

Parece ótimo assim, certo? Mais justo em relação a eleição pela quantidade de votos obtidos, certo?

Para mim não!

Você gostava quando alguns anos passados, o seu time do coração terminava o campeonato com mais pontos, com o artilheiro da competição, mas o campeão era o time adversário?

Hoje o sistema de pontos corridos, não define claramente quem é o legitimo campeão?
Não é muito melhor assim?
A meu ver o aspecto mais positivo da eleição do candidato pela sua quantidade votos é a formação de maiorias estáveis que proporcionem uma maior e melhor governabilidade, o que definitivamente não é possível nesse sistema que proporciona a pulverização de partidos e faz com que a Câmara Municipal vire uma colcha de retalhos partidária, a mercê da vontade daquele que estiver a frente do poder executivo.

Ser eleito pela quantidade de votos obtidos é a forma simples e a de melhor compreensão pelos eleitores de qualquer idade ou nível social. Teve mais votos esta eleito. Teve menos votos, se candidata na próxima. Ai mais conhecido do povo, quem sabe?

É público e notório que votamos na pessoa e em suas qualidades, ideias e pensamentos. Que somadas revelam a sua qualidade politica (A personalidade e a capacidade de bem representar o seu eleitorado) do que no partido.

Pelo Coeficiente Eleitoral, quem ganha força são os partidos, células de barganhas embrionárias de coligações que transformam o pleito numa sopa de letrinhas.
Partidos cujo conteúdo partidário é zero.
Concluo que eleger alguém pela quantidade votos obtidos, favorece a função democrática, quando permite surgir um partido central e forte, capaz de governar pela maioria parlamentar que formar.

Se existem desvantagens? É claro que elas existem. Mas essas ao serem confrontadas com o ditado: Quem não pode não se estabelece! Perde a consistência.

O Coeficiente Eleitoral serve muito bem a constituição de partidos políticos. Por esta razão é muito comum o surgimento constante de novas agremiações partidárias a qualquer pretexto.
O que fortalece aquele conselho que determina: Quantidade nunca foi sinônimo de qualidade!

Por  esta razão sou favorável a eleição pela quantidade de votos obtidos e não por esta engenhosidade da mente extraordinária do nossos políticos.

Mas, estou amplamente aberto a opiniões que possam querer mudar o meu conceito de valor.

Me convença se você puder, de que o nosso sistema está sendo justo com aquele candidato que teve mais de 3000 votos e perdeu a sua cadeira para aquele outro que teve menos de 1500 votos.

ME CONVENÇA VAI!

segunda-feira, 8 de outubro de 2012


Eu, olhando e comentando sobre o que foi dito e transcrito pelos jornais de hoje(08/10/2012)


"Em Porto Alegre, o PT deu Perda Total(CCF)."
-0-
"o Rio está em PAES(CCF)."
-0-
"Se ficar de fato com a medalha de bronze na disputa eleitoral de 2012(PMDB 1016 ELeitos, PSDB 688 e PT 627), o PT olírico estará muito parecido com o Brasil Olímpico  e tanto um como o outro vão ter que repensar suas ações e atualizar seus valores, para vencerem em 2014 e 2016(CCF)."
-0-
"Vocês são Urubus, Torturadores, Ditadores da caneta-Fala de José Genuíno para a IMPRENSA, quando esse, chegava para votar. Em defesa dos Urubus digo, que a função dos Urubus é muito nobre, pois sem eles a carniça ficaria empesteando o ambiente mais tempo que o devido."
-0-
"Eleitor não está preocupado com o mensalão -Fala de Lula aos repórteres  quando chegava para votar. Deve ter comido muita banana quando saiu de casa."
-0-
"Jornalista bom, é jornalista morto" - Advogado de Delúbio Soares, para os repórteres que queriam conversar com um dos mensaleiros mor, quando esse chegava para votar em Goiânia...EhhhhhhGioâniaaaaaa...Esse recado vem sendo passado aqui e em outros países. Não chega a ser novidade tal pensamento."
-0-
"A coincidência (Mensalão X Eleição  foi péssimo para a Democracia." - Segundo um Professor de Filosofia e pesquisador do CEBRAP, entrevistado pela Folha. Sem duvida, para essa esquerda que ai esta, o melhor dos mundos seria não haver julgamento agora e nunca, assim eles passavam o rodo de vez na Democracia Brasileira."
-0-
"Jose Dirceu chegando para votar: Um grande numero de Acessores  militantes beijando sua mão  outro grande numero de seguranças que inspecionaram previamente a escola Princesa Isabel...Era mesmo o Mensaleiro MOr, ou seria DEUS? O DIABO? OBAMA? chegando."

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

ENCONTROS


Texto inspirado no testemunho visual e ocasional de um encontro, não oficial, entre dois próceres da nossa política, quando pedalava pelas nossas ruas. 
Conclui que:
Na política, a água e o óleo se misturam e o resultado desse processo é o entupimento das veias sociais pelo excesso de PODERSTEROL. 
A consequência final é o infarto da sociedade, sempre refém dos arranjos políticos quimicamente improváveis de acontecerem. 

Depois de refletir a respeito, entendo que:

…O político sempre quer mais por entender que fez tudo, quando deveria fazer mais, pois essa é a sua obrigação! Sem pensar no tudo, e sim pensando em todos! Dessa forma ele agregaria reais valores ao seu vulto e não só ao seu bolso. 


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

O TREM E A URNA

O trem já apitava, antes mesmo de chegar a estação e ele, carrancudo continuava pensando na velha carruagem que antes fazia a ligação entre a localidade onde ele se encontrava e o vilarejo próximo. 
Seu temor quanto a entrar naquela recente novidade, trazendo o progresso para a sua pequena cidade, nunca o permitira ir além daquela plataforma onde seus pés fincados em outra época viam o tempo passar. 
Mas, naquela manhã, ele acordara disposto a embarcar naquele trem, e ir nele sem medo até onde pudesse ir, para mudar o rumo da sua história. 
Chegara à conclusão que estava na hora de colocar sua vida nos trilhos. Entregou seu bilhete de viagem ao encarregado da estação e sentou-se próximo a larga janela. 
Não demorou para a locomotiva dar o sinal de partida, apitando com mais intensidade. 
Com o deslocamento dos vagões a paisagem começou a passar pela janela, de forma rápida, porém, em velocidade suficiente para que aquele cenário ocupasse espaço na mente daquele viajante, deixando surgir nos seus olhos, revelando em sua face um sorriso de felicidade. 
(...)
- Já votou senhor?
Perguntou-lhe o mesário, que viera até a urna ao perceber que ele estava demorando no seu processo de escolha de candidatos.
Retirado do seu encantamento, ele respondeu ao servidor eleitoral, de forma claudicante.
- Sim...sim, já votei!
Ele retirou-se da cabine, caminhou devagar até a saída da sala e passou lentamente entre os eleitores daquela e de outras sessões que aguardavam em fila, a sua vez de votar.
Enquanto caminhava, falava para si...
- Hoje valorizei a democracia ao votar no futuro de todos e não no passado de alguns. No homem que toma partido, e não no partido que corrompe o homem.
Na idéia de mudança necessária e não no conceito da continuidade partidária.
Hoje, Eu votei pela alternância do poder e não pela perpetuação do poderoso!
FIM

Foto usada: Encontrada no Blogspot de Ana Veet Maya

terça-feira, 25 de setembro de 2012

MINHA KOMBI, MINHA VIDA!

                    MINHA KOMBI, MINHA VIDA!

Acreditem!
Entre a parede vermelha do consumismo e a lata velha estacionada na Viela dos eufemismos, habita um “SER HUMANO”, às vezes dois...por enquanto!
É Praia Grande está crescendo muito!
Vão ser preciso muitas Vielas e Kombis velhas para dar conta de tanto crescimento em Praia Grande-SP.

OLHA!
Se você é daqueles que acreditam, que tudo que vem de dentro da terra, é bom para nós!
Fique sentado por algumas horas em cima de um formigueiro para ver se é bom mesmo.

Refletindo sobre o tema:

O Petróleo só será bom para todos nós(Vide Macaé), se pudermos ter a noção exata do tamanho do poço e não só ficarmos extasiado com a nacionalidade da plataforma de exploração...se é que vocês me entendem!

sexta-feira, 24 de agosto de 2012



Quando participei da 3ª Conferência Municipal de Praia Grande-SP em 25/08/2007, na sala de discussão na qual me encontrava; nela estava também o Sr. Rui Lemos Smith(Na ocasião secretário municipal), tive a oportunidade de no uso da palavra, levantar a questão da exploração de petróleo na nossa bacia santista, e suas consequências futuras em nossa cidade, dando aos presentes como referencial o que estava acontecendo já naquela época com a cidade de Macaé no Estado do Rio de Janeiro.

Ao término do meu arrazoado, o Sr. Rui Lemos Smith, disse a todos que as minhas considerações eram pontuais, mas como o assunto não estava na pauta daquela sala, iria leva-las até a sala onde o fator petróleo em Praia Grande-SP, estava na pauta.
Levantou-se, saiu da sala com as anotações e logo depois retornou para que retomássemos a discussão da pauta que nos cabia.
Não vou entrar no mérito do que foi ali e nas outras salas discutido, assim como também as conclusões finais da conferência, mais devo dizer que do tudo que foi dito e escrito, pouco foi colocado em prática em nossa cidade.

O fato é que a Revista Veja do dia 22/08/2012 edição 2283 nª 34 dedica 6 de suas páginas a cidade de Macaé mostrando no que ela se transformou com o advento da exploração do Ouro Negro.
A ”MALDIÇÃO DO OURO NEGRO” AMEAÇA AS CIDADES QUE MAIS GANHAM DINHEIRO COM ELE...O PETRÓLEO.
Esta reportagem deve ser lida e refletida por nossa sociedade para que não sejamos amanhã, a Macaé de hoje.

Some-se a Macaé, as cidades de Campos, Presidente Kenedy e outras, todas na rota da riqueza...mergulhadas nos lençóis de petróleo e afogadas na lama das corrupções.

sábado, 18 de agosto de 2012

CATRACA-PG: A POLITICA E O CASAMENTO

CATRACA-PG: A POLITICA E O CASAMENTO

A POLITICA E O CASAMENTO


Careca não quis ir com sua mulher ao Shopping da cidade, onde estava acontecendo mais um “sábado de loucuras”. Já tinha na opinião dele, um programa bem melhor, ir tomar uma cerveja com seu amigo Tinguá no bar do Candinho.

E lá estavam os dois conversando sobre o assunto do momento, presente em todas as esquinas, a eleição!

Careca, inflamado pelos três vasilhames que jaziam sobre a mesa, já entornados, proclamava:

- A nossa política é nojenta, nojenta! Hoje esses candidatos nos bajulam, prometem mundos e fundos, nos abraçam, e ai depois de eleitos sequer nos cumprimentam quando nos vêem na rua. São uns sem vergonha!

Tinguá de imediato concordou com as palavras do amigo, e num gesto de irrestrito apoio, mandou descer mais uma breja e uma porção de salaminho.

O pedido foi rapidamente atendido por Pimenta, considerado o melhor garçom da redondeza.

- Pimenta, qual é a sua opinião a respeito dessa turma que quer ser Vereador? Pergunta Careca.

- Fala Pimenta...completou Tinguá.

Pimenta olhou para o interior do bar, checando se o seu patrão não estava com seus olhos nele, Como a barra estava limpa, voltou-se para os dois amigos.

- Careca cada um está querendo garantir o seu pratinho de sopa, é um direito deles.

Careca de pronto rebateu.

- Mas tá errado Pimenta! Não é Tinguá?

Tinguá nem pensou para dizer.

- Verdade!

Pimenta já se sentindo incomodado, procurou ser breve na sua fala.

- Careca eu não posso falar por eles, mas te garanto que se você votar em mim, eu estarei sempre a sua disposição; de você também viu Tinguá! Para uma cervejinha amiga no meu gabinete, após a minha eleição.

Pimenta terminou de falar no mesmo instante que completava o gesto de entrega do seu santinho para Careca e Tinguá.

Ambos ficaram ali com aquele santinho que dizia: “Pimenta nos olhos da corrupção, queima!” meio que sem saber o que fazer, enquanto o candidato da categoria voltava correndo para o interior do bar, onde um cliente solicitava a sua presença.

Tinguá quebrou o gelo dizendo:

- Vamos beber que é melhor Careca!

“A Política tem muito a ver com o casamento. No casamento, as partes unidas pelos votos do matrimônio, vão se desencontrando e em certo tempo, a solução para ambos é procurar um advogado e por fim ao relacionamento.

Na Política, no entanto, a solução para Careca e Tinguá continuará sendo a Urna. Pois é através dela que eles poderão colocar o Pimenta de volta ao seu trabalho de Garçom, caso ele não os leve, depois de eleito para tomar aquela gelada no seu reduto parlamentar.


FIM

sábado, 26 de maio de 2012

DE 1500 ATÉ HOJE

Considerando que, de 1500 até hoje no Brasil... O Império (389A) perdeu para a República (41A), e essa para o Estado Novo (15A) que tinha uma queda pelo Nazismo, que não prosperou. Ao fim da guerra (1945) o Estado novo se deixa envolver pela República Nova (20A). Essa flerta sem pudor com o comunismo (E pela 2ª vez). O Regime Militar (21A) não permite essa união, e no fim acaba abrindo-se para a Democracia (27A). Responda na enquete: Que sistema de governo, ao fim de mais um ciclo, virá depois da Democracia?

sábado, 3 de março de 2012

PRIMEIRA PÁGINA

O estendo como se estendesse uma toalha de linho sobre a mesa. Na sua imaginação leitor, tire a mesa e no lugar coloque um balcão. Nele, eu passo parte do meu dia numa rotina funcional necessária. Em determinado horário, sempre no começo da jornada, me prendo a leitura do jornal que assino, muito embora, leia qualquer outro ou revista que me caia a mão.
Meus olhos passeiam pelas manchetes estampadas na primeira página.
Do outro lado da rua, no meu campo visual, um “Ser” infelizmente socialmente caído, ausente de si e sem nenhum compromisso com rotinas iguais a minha, com sua sina quase nua, senta-se no concreto duro da mureta e ali parece entrar em alfa.
A imagem da Medusa no jornal chama minha atenção. Porém, não me assusta tanto quanto a magreza do cara pálida, que consumido pela droga, e em estado de larica, se deita.
Retorno meus olhos para a página, vejo que a situação na Síria está Séria.
Será que falta alguém com coragem para dar um chute no traseiro dos insanos e venais, para por fim na tirania e roubalheira.
Uma boa alma, em forma de mulher no apogeu da sua 3ª idade, traz dois pães, depois um copo de café com leite. Não para mim, para o Nóia.
O alimento desce suave pela garganta do psico. Como sentidas descem pelo rosto da Presidente, as lágrimas cerimoniais, ao despedir-se do deposto, na posse do suposto pescador de almas da Universal.
Deus aparece com força no planalto e se mostra ausente no Parque tanto quanto na mais Paulista das avenidas onde outra jovem morreu.
Meu olho no Nóia. O olho dele no meu. Retomo a leitura, com foco no esbrega, do inconformado juiz, que põe a culpa na imprensa, pela imagem infeliz que a sua Casa carrega.
O Nóia levanta-se e caminha no meio do povo, que segue para o mar do boqueirão.
Mar...de lama, no qual um BB bolinado pela corrupção via executivos atolados, caminha em rota de colisão.
No bar do Tonhão, que fica a minha direita, o batidão rola em alto e bom som pela viela.
Gostaria de estar escalando um vulcão.
A esquerda da página, em vermelho, o Chico de sempre! Canta para si mesmo.
Neste desencontro, no meu canto, pulo para a página seguinte. Ciente do que lá me espera e do que vou encontrar em todas as seqüentes. Nelas, irei confirmar o que li tatuado no peitoral do Nóia.
“SE ESPERNEAR, VAI DOER!”
Como sempre sobrevive uma esperança, amanhã eu leio o jornal de novo.

sexta-feira, 2 de março de 2012

O IDSUS NOSSO DE CADA DIA

1. Folha de S.Paulo - Cotidiano - 20% das cidades têm nota ruim no SUS - 02/03/2012
... abaixo de 5, considerada 'razoável' Só 1,9% dos brasileiros vivem em municípios com índice de 7 em diante; IDSUS será divulgado a cada 3 anos JOHANNA NUBLAT DE BRASÍLIA O ... O país tirou nota 5,47 em qualidade e acesso a serviços da rede pública de saúde, segundo o primeiro IDSUS (Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde), lançado ontem pelo ...
http://www1.folha.uol.com.br/fs...ades-tem-nota-ruim-no-sus.shtml

Entre MELHOR e PIOR, uma das variáveis dentro das possibilidades de reação é a INDIFERÊNCA.
Para muitos, infelizmente! Tanto faz estar MELHOR ou estar PIOR.
Quando diante do PIOR, alguém lhe convence que a ferramenta que você tem a sua disposição é a MELHOR, fica claro que:
Socialmente você é um ALIENADO;
Politicamente um IGNORANTE;
Individualmente um SUBMISSO.
E é exatamente assim que muitos governantes querem você. Quanto PIOR, MELHOR!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

SE NO TOPO ESTÁ ASSIM, IMAGINA A BASE NO SEU GERAL.

Crônica de Domingo

“A Política enquanto exercício é um esteio, enquanto objetivo é cativeiro enquanto verdade é esperança e enquanto mentira é o sacrifício do povo (CCF).”

1) Petrobras – Vazamentos em plataformas de petróleo, Aparelhamento da Estatal e brigas internas e intermináveis por controle de cargos;
2) Banco do Brasil - Aparelhamento da Estatal e brigas internas e intermináveis por controle de cargos;
3) Itaipu Binacional – Quem está no comando o ocupa desde o 1º dia de Lula na Presidência e não quer sair;
4) CEF – Corrupção e Aparelhamento da Estatal e brigas internas e intermináveis por controle de cargos;
5) E.B.C – Empresa Brasileira de Comunicação - Aparelhamento da Estatal,brigas internas e intermináveis por controle de cargos e alto déficit orçamentário;
6) Ensino Público – Universidades estagnadas sem aumento na formação superior;
7) Programa Antártico Brasileiro – Fogo na base Comandante Ferras com dois mortos e feridos, navio naufragado na área da base com 10 mil litros de óleo prestes a vazar;
8) Corrupção Política – Face ao seu projeto de poder para muitos e muito anos, o governo optou por dar vez ao parlamentar em detrimento ao técnico. Tal escolha explica a corrupção desenfreada no cenário político brasileiro e as freqüentes demissões de ministros e subalternos. Demissões de fachada, pois logo o Partido de apoio do governo o substitui por outro parlamentar comprometido com a causa deles e não a pública.

Vamos ficar com estes, embora existam mais situações vexatórias para o governo federal.

O que um governo faz de bom, não é favor! É obrigação.
O que faz de errado, o faz consciente de quem paga a conta no final é a sociedade por um todo.
Dessa forma, o tecido social vai se dilacerando e o País vai caminhando. Caminhando, cantando e seguindo a canção, daquele que melhor souber cantar.
Tem alguns que preferem assobiar e deixar que a borracha cante.
O certo é que o Brasil precisa mudar.
Uma das correntes favoráveis a mudança, defendem que o Brasil deva mudar para o Canadá, onde a Luiza já esteve; para o Japão, onde o Massaro está; Para os Estados Unidos, onde os mineiros sempre estão.
A outra corrente defende que o Brasil deva mudar para a Venezuela, onde poderia dar uma melhor assistência ao Chaves; para o Equador, e lá implantar o que aqui o governo não consegue implantar...o controle da imprensa; Para a Coréia do Norte, com o objetivo de aprender a disciplinar os partidários; e realizando o sonho de todo socialista do tempo da web lascada, mudar para Cuba.

O melhor é ficar por aqui mesmo e mudar o brasil, no voto!

sábado, 25 de fevereiro de 2012

02/03 - DIA DAS SOCIEDADES AMIGOS DE BAIRRO

SÍTIO DO CAMPO
“Não Estamos aqui só para morar. Precisamos cuidar, sempre! Para aqui viver em Paz com a Natureza do Lugar (CCF-02/2012)
No próximo dia 02/03/2012 comemora-se o dia das Sociedades de Amigos de Bairros.
Com certeza esta data, em muitos bairros de Praia Grande-SP, ela estará sendo comemorada em grande estilo.
Mas, e aqui no Sítio do Campo-PG, o nosso imperial bairro. Porta de entrada e saída de Peaçabuçu, o será?
Como não tenho visto ultimamente a presença de ninguém da Associação de Melhoramentos do Sítio do Campo-PG nos diversos eventos ocorridos em nosso bairro, sejam esses promovidos pela Prefeitura, Empresários e Entidades religiosas e socioculturais, sou levado a acreditar que está importante data entre nós, passará em branco. O que considero lamentável!
O certo é que precisamos de uma sociedade para cuidar do nosso bairro, ativa e presente. Principalmente neste momento quando acordamos com a noticia de que um condomínio de luxo com previsão de construção de moradias para 40 mil pessoas que será instalado entre a Avenida Ana Nery e a área de mangue.
Os impactos desse empreendimento sobre o nosso bairro ainda não estão definitivamente definidos e os estudos sobre o mesmo continuam no âmbito da Construtora e dos órgãos públicos.
No entanto, tais estudos sem a presença da entidade representativa dos moradores é no mínimo imprópria e desrespeitosa.
Mas, é um fato! Uma realidade. Infelizmente, poucos de nós moradores, estiveram presentes na audiência pública (19/02/2012), na qual o projeto foi apresentado pela Construtora PG 2008.
Lá estiveram Eu, e mais outras cinco pessoas que no projeto são classificadas como moradoras de uma área subutilizada e degradada.
Que venha o que for bom para nós, mas com o conhecimento e aprovação da comunidade.
Senhores moradores, Empresários, Educadores, Autoridades constituídas, Presidentes de Entidades socioculturais, todos enfim, que tenham uma forte ligação com o Sítio do Campo-PG, que tal! Reunirmos-nos no dia 02/03/2012 a partir das 18 horas no espaço interno do Poliesportivo Leopoldo Estácio Vanderlinde e comemorar-mos a data, colocando no foco dessa comemoração as ações de retomada das atividades da Sociedade de amigos do nosso bairro.
Uma Sociedade realmente comprometida com o futuro do nosso maravilhoso Sítio do Campo-PG.
Eu vou ! Se ninguém quiser ir, eu vou só...como diria o Poeta.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

RESUMO DA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA DE 2012 – 15/02/2012

Este é o resumo dos Trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Praia Grande-SP, na sua 3ª Sessão ordinária 15/02/2012 – 10 Horas
Presentes na sessão além do corpo legislativo – Cerca de 30 pessoas.
Chamada feita, nem todos os vereadores presentes. Registrou-se a falta do Vereador
Katsu Yonamine - PSDB.
..PRONTO, COMEÇOU!.
NOTA PARA ENTENDIMENTO DAQUELES QUE NUNCA FORAM A UMA SESSÃO PLENÁRIA.
Cada Edil, tem nessa primeira parte, direito há 10 minutos para apresentar suas indicações, requerimentos e fazer suas considerações.
Os apontamentos referem-se ao que foi destaque no tempo de fala do Vereador, para A CATRACA-PG.
Os nomes apontados são os nomes de domínio público de cada parlamentar.
REZENDE – Passou suas indicações diretas para a mesa.
TONINHO CAVALCANTE – Apresentou indicações sobre os carrinheiros. Quer que a licença que eles possuem possa ser transferida para terceiros que morem e trabalhem em Praia Grande-SP.
Dentro do seu tempo, fez comentários sobre a ação dos secretários municipais, garimpando votos nas entidades.
Considerou o fato uma traição aos Vereadores.
“Comentários no plenário em alto e bom som: Chumbo trocado não dói”
DR. SERRANO – Passou suas indicações diretas para a mesa.
Sua fala focou sua luta política na cidade. Disse não conseguir entender certas mentalidades. Alfinetou o Vereador Toninho Cavalcante e defendeu veementemente as ações da Administração Municipal, principalmente no âmbito da saúde.
Assim que terminou, O Vereador Leandro do Avelino solicitou dentro do regimento da Casa, 1 minuto de silêncio pela morte no dia anterior, de uma jovem de 14 anos no Hospital Irmã Dulce.
A grande maioria dos Vereadores respeitou o silêncio aplicado aos presentes
DINHO – Solicitou a remodelação de uma Praça na Aviação. Apresentou requerimento sobre a coleta reciclável de lixo em Praia Grande.
• Face ao burburinho, o Presidente da Casa pede silêncio diretamente a uma senhora presente no plenário pedindo que ela manere no falatório.
VITROLINHA – Passou suas indicações diretas para a mesa.
Apresentou requerimento sobre as creches do município e o problema da falta de vagas estimada em 2000 crianças sem direito a esse beneficio social.
Anunciou a criação da Usafa Leblon, conforme lhe foi prometido pelo senhor Roberto Francisco, Prefeito de Praia Grande-SP, a partir do seu trabalho.
Parabenizou o Senhor Alberto Mourão Deputado Federal por Praia Grande-SP, por esse deixar o Sr. Roberto Francisco ser o candidato a Prefeitura na próxima eleição.
Chiquinho do Caiçara - Passou suas indicações diretas para a mesa.
TOTO – Apresentou despacho sobre inquérito civil envolvendo o senhor Alberto Pereira Mourão, num processo de desmembramento de área. Requereu a presença na Câmara Municipal do senhor Roberto Francisco, atual Prefeito para que esse apresente as suas explicações sobre o fato.
Dentro do que lhe faculta o regimento, na qualidade de Líder do Governo, o Dr. Serrano pediu Vistas do requerimento.
O Vereador ainda no seu tempo apresentou requerimento de elogio a CGM.
Apresentou requerimento sobre o problema das campas no cemitério da cidade.
Por fim, reclamou do fato da Câmara Municipal não ter sido convidada para a audiência pública de lançamento de um projeto imobiliário no Sítio do Campo.
• Mais uma vez o Presidente da Casa, Vereador Rezende, pede silêncio ao plenário.
HUGO RIBEIRO – Passou suas 3 indicações diretas para a mesa.
Apresentou requerimento elogioso sobre a participação efetiva da Policia Militar na temporada.
Apresentou requerimento de fiscalização nos prédios de Praia Grande-SP, suportado pelos últimos acontecimentos de desabamentos de prédios no Rio e em São Paulo.
Parabenizou os repórteres presentes pela passagem do seu dia (16/02/2012).
KATSU – Não compareceu a sessão.
LEANDRO DO AVELINO – Passou suas 3 indicações diretas para a mesa.
Requerimento sobre a temporada de verão – Abusos e desrespeitos as leis municipais. Solicitou explicações a Administração Municipal.
Leandro do Avelino toca no assunto do lançamento imobiliário no bairro Sítio do Campo com propriedade, pois foi o único dos vereadores presentes.
NOTA: Os senhores vereadores não podem alegar desconhecimento, pois até eu fui nesta audiência. O Vereador Leandro do Avelino ainda no seu tempo rebateu com educação as alfinetadas do Vereador Dr. Serrano.
MARQUINHO – Passou suas indicações diretas para a mesa.
Fez justiça ao trabalho pró Carnaval do Ex Vereador Arthur na sua fala. Elogiou também a Escola Favoritos do Forte.
Em requerimento, solicitou menção elogiosa ao senhor Alrindo, Mestre de bateria da Escola Favoritos do Forte.
Teceu comentários sobre os secretários municipais que estão saindo candidatos com o apoio de grandes empresários ligados a Administração Municipal.
Ainda no seu tempo, apresentou requerimento de questionamento a Administração Municipal sobre o programa Saúde da Família.
NOTA: Ainda não foi dessa vez que ele e o Dr. Serrano se abraçaram.
PAULO EMILIO – Apresentou requerimento de questionamento a Administração Municipal sobre casa edificada no meio de uma rua do bairro Ocian.
Reconheceu não ser adepto a folia carnavalesca, mas que mesmo assim desejava a todos um FELIZ CARNAVAL, com muita PAZ.
SERGINHO SIM – Tal como o Dr. Serrano fez no começo da sua fala, enalteceu emocionado a presença no plenário do Sr. Hugo Ney, destacando o seu papel político na história de Praia Grande-SP.
Contestou o Vereador Leandro do Avelino, direcionando a esse uma sentença:
“O SILÊNCIO É UMA PRECE(Oração)Apresentou suas indicações diretas a mesa.
Ainda no seu tempo apresentou requerimento de agradecimento ao senhor Roberto Francisco, Prefeito de Praia Grande-SP, pela implantação de curso sobre prevenção ao uso de drogas.

Voltando ao tema: SILÊNCIO
A Catraca-PG, apresenta algumas sentenças interessantes sobre O SILÊNCIO
"Nossas vidas começam a terminar no dia em que permanecemos em silêncio sobre as coisas que importam." (Martin Luther King)
"Através da história, tem sido a inatividade daqueles que poderiam ter agido; a indiferença daqueles que deveriam saber melhor; o silêncio da voz da justiça quando ela mais importava; que tem tornado possível ao mal triunfar." (Haile Selassie)

2ª PARTE

ORDEM DO DIA – DISCUSSÃO PARA APROVAÇÃO DOS REQUERIMENTOS E PROJETOS


1 - PROCESSO Nº 015/12
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 003/12
AUTOR: EXECUTIVO MUNICIPAL
ASSUNTO: Estabelece normas para o transporte de escolares no Município e dá outras providências.
SEGUNDA DISCUSSÃO DO PROJETO
Aprovado: 9 Votos a favor e duas Abstenções.



2 - PROCESSO Nº 023/12
REQUERIMENTO Nº 020/12
AUTOR: PAULO EMÍLIO DE OLIVEIRA
ASSUNTO: Requer informações ao Prefeito junto ao Secretário de Trânsito acerca do tráfego de veículos pesados ao longo da Via Expressa Sul.
DISCUSSÃO ÚNICA
Nos apartes o Vereador Dr. Serrano, usou expressões como “FALA FACIL” “INIMIGOS DA CIDADE”...
O Vereador Leandro Avelino, manteve sua postura e retrucou educadamente.

3ª PARTE
CONSIDERAÇÕES FINAIS – Cada Vereador pode usar a Tribuna por 5 minutos, para as suas considerações finais e ou despedida.